Tratamento para espinhas e cravos

Se você sofre com espinhas e cravos no rosto ou em outros lugares do corpo, saiba como trata-las e acabar com o problema.

Ninguém gosta de das terríveis espinhas e cravos marcando a pele do rosto, das costas ou em outras partes do corpo, não é mesmo?

Menina com espinha do rosto

Esse problema dermatológico é comum de acontecer, mas pode ser tratado para diminuir as inflamações de pele. As espinhas e os cravos também podem se manifestar de algumas formas distintas.

Mais sobre Tratamento para espinhas e cravos

Conheça um pouco mais sobre a acne e saiba como trata-la:

O que são espinhas e cravos

As espinhas e os cravos é um problema de pele que possui predisposição genética e hormonal.

Acne 1

A aparência é de pequenas lesões na pele, de cor avermelhada ou amarela. As espinhas e os cravos ocorrem devido ao aumento da secreção sebácea. Os cravos ou comedões são caracterizados pelos pontos brancos ou pretos, o primeiro acontece quando os poros estão fechados e o segundo acontece quando os poros são abertos. As espinhas surgem devido ao surgimento de microorganismos, que causam a inflamação da pele.

O problema dos cravos e espinhas também é chamada de acne, e é divido em quatro estágios da doença:

Acne grau 1 – é o caso mais leve de acne, sem as lesões inflamadas conhecidas como espinhas, apenas com a presença de cravos.

Acne grau 2 – nesse estágio é comum o surgimento de lesões inflamadas, ou seja, tem a presença de cravos e de espinhas. Essa ultima pode ser apenas vermelha ou amarela, que contem pus.

Acne 2

Acne grau 3 – Ainda com a presença de cravos, nesse estágio as espinhas aparecem pequenas e grandes, sendo as maiores (cistos) mais doloridas e mais profundas.

Acne grau 4 – Esse é o grau mais avançado da acne, contendo cravos, e as espinhas encontram-se em tamanhos pequenos e grandes, sendo as lesões cística em estado mais grave, doloridas e muito inflamadas, causando até mesmo aspecto desfigurante.

A acne pode surgir tanto nos homens como em mulheres, principalmente na época da puberdade, onde os níveis de hormônios estão mais elevados.

Tratamento para acne

A acne é um problema que precisa ser tratado desde o começo, dessa forma é possível evitar as cicatrizes que costumam ficar na pele nos locais inflamados.

Mulher passando hidratante no rosto

O tratamento pode ser feito com aplicações de medicamentos como cremes diretamente no local. Esse tipo de tratamento ajuda a evitar a oleosidade da pele, fator que também colabora para o aumento da secreção sebácea. Também ajuda a diminuir e controlar as bactérias e os microorganismos que causam as inflamações.

Além dessas aplicações, existe o tratamento via oral, onde o paciente toma medicamentos para tratar o problema. Porém, esse tipo só é indicado para casos mais graves de acne, sendo receitados por dermatologistas o uso de antibióticos ou até terapia hormonal para mulheres.

Mulher fazendo limpeza de pele

Cuidar da limpeza da pele também é de extrema importância para prevenir a acne. Esse tratamento limpa a pele dos cravos, impedindo que eles virem às lesões conhecidas como espinhas.

É importante ressaltar que a acne precisa ser tratada por um médico dermatologista, pois esse é o profissional capacitado para resolver esse tipo de problema. Se as espinhas não forem cuidadas corretamente, podem causar manchas e cicatrizes na pele. É o dermatologista também que irá indicar o tratamento adequado e o tempo que ele irá durar.

Confira mais 5 dias de como acabar com a acne:

25/08/15 por Ananda

   



Mais informações por email

Comentar

Veja Também

Reumatologia ciência responsável pelo movimento