Luxação de ombro cirurgia

A luxação no ombro pode ocorrer por vários fatores e quase sempre precisa de ato cirúrgico, procure um médico para o tratamento adequado.

dor no ombro

A luxação do ombro é a mais comum entre as grandes articulações do corpo. O ombro é a articulação mais móvel do corpo humano, permitindo movimentos em praticamente todas as direções. Pode ser considerado um encaixe do tipo bola-taça, a cabeça do úmero sendo a bola e a glenóide a taça.
Para que o ombro permaneça estável e ao mesmo tempo flexível, são necessários vários mecanismos estabilizadores. Os seguintes fatores são importantes na estabilidade do ombro: o formato dos ossos, a presença de uma borda cartilaginosa chamada labrum ou lábio glenoidal, a presença de vários ligamentos na parte anterior, inferior e posterior da articulação, a musculatura da cintura escapular e os tendões do manguito rotador.

Como ocorre?

A articulação do ombro pode se deslocar de forma traumática (durante a prática de esportes, quedas, etc) - esta é a mais frequente - ou de forma atraumática, isto é, sem nenhuma força externa contribuindo para ocorrer à luxação. Nesta última, mais rara, o que ocorre é uma frouxidão aumentada dos tecidos que “prendem” o ombro no seu lugar.

segurando o ombro

A luxação do ombro se dá mais frequentemente para a região anterior, mas também ocorrem luxações para a parte inferior e posterior. Existem luxações voluntárias, quando o próprio paciente consegue deslocar o ombro. Um termo denominado subluxação diz respeito a situações em que o ombro não chega a sair completamente fora do lugar, mas a sensação do paciente é que ele chegou a sair.

A luxação traumática do ombro pode determinar uma lesão em uma estrutura chamada labrum ou na cápsula do ombro, lesão que denominados lesão de Bankart. Normalmente esta lesão não cicatriza corretamente, o que leva o paciente a apresentar outros episódios de luxação (luxação recidivante). Nestes casos, o tratamento cirúrgico deve ser realizado.

Cirurgia para a luxação no ombro

O tratamento não cirúrgico pode ser instituído em alguns casos, realizando-se então o fortalecimento muscular associado à restrição de algumas atividades físicas. Atualmente a cirurgia para correção da luxação, na maioria dos casos, pode ser feita através da artroscopia, durante a qual o labrum e a cápsula lesada são reparados.

doendo o ombro

Para repararmos esta lesão, normalmente utilizamos dispositivos chamados âncoras, que fazem a sutura do tecido lesado ao osso. Os casos de luxação atraumática normalmente são tratados de forma não cirúrgica, através de exercícios de fortalecimento muscular.

Dr Eduardo Neri
Ortopedia/ Medicina Esportiva/ Cirurgia do Joelho e Ombro
Rua Itapeva,518 cj 910.São Paulo. SP. tel:(11) 3288 - 6000
www.medicinaesportiva.kit.net

Para mais informações sobre o ombro assista ao vídeo do YouTube:

Veja mais sobre luxação

Como tratar torções e luxações

Publicado por Dr Eduardo Neri
Revisado em 21/09/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentários

  • alaide

    16/11/13

    Comente mais sobre tratamentos alternativos para luxaçoes do ombro
    responder
  • dalva

    12/05/12

    Ola, estou passando por momento muito doloroso, tive duas luxação em uma semana , a primeira colocaram no lugar com anestesia não senti dor, mas a segunda vez fizeram igual a do video do vitor faroe, uma tortura!!! ja se passaram 15 dias e eu não consigo mexer nem esticar o braço doi muito, o pior é que ta dificil conseguir uma consulta na rede publica c/ especialista, será que terei que fazer cirurgia? foram 6 luxaçoes até hoje. campo grande ms
    responder

Comentar