Home » O » Otorrinolaringologia

Pigarro na garganta o que pode ser?

Descubra as causas e consequências do pigarro na garganta e quais as formas de trata-lo ou prevenir seu incômodo aparecimento.

Homem tossindoO pigarro trata-se de uma irritação na garganta, muitas vezes acompanhada de muco, que a deixa seca e causa grande incômodo. Além de desagradável e às vezes doloroso, ficar com pigarro na garganta pode dificultar a passagem do ar, ou seja, a respiração, e prejudicar as cordas vocais, causando rouquidão ou mesmo perda temporária da voz.

Confira as orientações a seguir para detectar a causa do pigarro em sua garganta e trata-la corretamente, vendo-se livre do famoso ruído “hum-hum” e todo o desconforto.

Pigarro constante na garganta o que pode ser?

É comum que as pessoas tenham pigarro na garganta durante o outono e inverno, devido à baixa umidade do ar e às infecções típicas dessa época do ano, como gripes e resfriados, que geram maior concentração de células da defesa na via respiratória. Quadros de rinite ou sinusite também podem desencadeá-lo.

Em outros casos, porém, o pigarro na garganta pode significar algo mais sério, pois este é um dos primeiros sintomas de refluxo gastro-esofágico ou faringo-laríngeo (quando reflui-se o suco gástrico para o esôfago ou para a laringe), distúrbios digestivos e até mesmo doenças respiratórias. O pigarro também está associado ao tabagismo, que causa danos irreversíveis à garganta e aos demais órgãos (pulmões, pele e coração, principalmente).

Mulher com mão no pescoço

Pigarro constante na garganta tratamento

Depois de descobrir a causa do pigarro, inicie o tratamento adequado à sua situação consultando um médico de confiança. Não utilize pastilhas, pois estas apenas “mascaram” o incômodo por pouco tempo e não resolvem o problema verdadeiramente, e não tome qualquer medicamento sem orientação profissional.

Além disso, beba bastante água, com frequência, para hidratar a garganta. Repouse as cordas vocais o máximo que puder, evitando falar muito, e faça a limpeza constante da região, comendo uma maçã ou fazendo inalações de vapor e assoando o nariz logo em seguida.

Mulher bebendo água

Para ter uma boa saúde, evitar a irritação na garganta e não ser incomodado pelo pigarro, não deixe tomar medidas preventivas, como evitar o consumo excessivo de alimentos ácidos e gelados, agasalhar-se bem para se proteger do vento e manter a vacinação em dia.

Veja mais informações no vídeo:

Tags: ,
Publicado por Dra Renata Lopes
Revisado em 21/09/2017

Compartilhar