Sinusite o que é

Problema que interfere e prejudica muito a vida de quem sofre com isto, a sinusite possui métodos de tratamento rápidos e eficientes.

homem espirrando com lenço

As rinossinusites bacterianas, ou mais popularmente conhecidas como sinusites, são inflamações causadas na mucosa do nariz e dos seios paranasais. A mucosa é o tecido que faz o revestimento de dentro da cavidade nasal e dos ossos da face que são ocos (seios paranasais).

Quando as bactérias infectam a mucosa desencadeiam um processo inflamatório e geram alguns sintomas: congestão nasal, nariz entupido, secreção nasal geralmente amarelada ou esverdeada, dor ou sensação de pressão na face e diminuição do olfato. Também podem estar presentes: sensação de pressão nos ouvidos, dor na arcada dentária superior, tosse, sensação de secreção descendo do nariz em direção à garganta e mau hálito. A febre é mais comum nas crianças.

Sintomas da sinusite

Na presença de alguns desses sintomas o médico otorrinolaringologista irá realizar o exame da cavidade nasal e ver se existe inflamação da mucosa e presença de secreção, confirmando a suspeita diagnóstica. Em alguns casos são necessários exames específicos, como tomografia computadorizada.

pessoa com sinusite

Atualmente o RX de seios paranasais é considerado inútil para o diagnóstico. As sinusites que duram até 12 semanas são chamadas sinusites agudas, e nos casos que duram mais de 12 semanas são consideradas crônicas.

Tratamento para sinusite

Cada uma tem seu tratamento específico, mas de um modo geral baseiam-se em antibióticos, anti-inflamatórios, sprays nasais e higiene nasal com solução fisiológica. Nas sinusites crônicas o sucesso ou não do tratamento clínico envolve uma complexa interação entre mecanismos de defesa do paciente, fatores anatômicos e a agressividade do agente infeccioso. É necessário um acompanhamento médico mais rigoroso e às vezes uma intervenção cirúrgica.

criança com soro no nariz

São fatores predisponentes para sinusite: gripes e resfriados, desvio de septo, rinite, hipertrofia de cornetos, aumento de adenóide, pólipos nasais, doenças mucociliares, imunodeficiências, infecção dentária, ar muito frio, abuso de descongestionantes tópicos e estresse.  A lavagem nasal com soro fisiológico é sempre bem-vinda, contribui na hidratação da mucosa e drenagem da secreção nasal ajudando a prevenir as sinusites.

Dra Renata Lopes Mori– otorrinolaringologista
Rua Barata Ribeiro 237, cj.133.
Bela Vista. São Paulo.CEP 01308-000
Tel:11 3231.0261/ 32310267
www.otorrinoweb.com.br

Saiba mais sobre a sinusite neste vídeo do Youtube:

Publicado por Dra Renata Lopes
Revisado em 21/09/2017

Compartilhar

Comentar com Facebook

Receba novidades

Comentar